sábado, 18 de fevereiro de 2012

O perfume das orquídeas

Por Waldyr Fochi Endsfeldz


Entre as muitas características que podemos encontrar nas orquídeas, o perfume de suas flores sem dúvida destaca-se enormemente entre elas.

É verdade que raramente encontramos alguma indicação na literatura para nos despertar esse pormenor tão importante. A maioria das citações limita-se à ine´pressiva referência da planta ser "muito perfumada".

Isso ocorre talvez por ter sido a maioria das orquídeas classificadas e descritas por botânicos europeus, tendo como referência sempre exemplares secos, não mais em condições de axalarem os perfumes originais. Sabemos que, em tais circunstências, não há condição de determinar qualquer referência ao perfume de uma flor.

Mais difícil, no entanto, é a definição exta do perfume: nem a ciência física nem a química resolveram esses dificílimos problemas da definição do perfume.

Qualquer referência ao perfume de uma orquídea limita-se a comparação com outros perfumes mais conhecidos. O leitos poderá assim, completar a indicação com seu olfato pessoal, especialmente quando mal conhece o perfume que serviu para comparação. Por isso, é difícil estabelecer um esquema que seja isento de críticas.

Há anos o professor Decker fez referência ao perfume das orquídeas num ensaio realizado a respeito do assunto. Da sua pequena relação destacamos os seguintes:


Bifrenaria tetragona - no começo maçã, depois carne deteriorada

Bifrenaria harrisoniae - convalária (lírio do vale) e baunilha

Brassavola perrini - noz-moscada e baunilha

Brassia lawrenciana - canela e chocolate

Brassia verrucosa - cheiro acre-típico

Capanemia jurgensis - jasmim

Capanemia superflua - convalária

Catasetum atratum - gerânio

Catasetum fimbriatum - Flor masculina - heliotrópico

Catasetum fimbriatum - Flor feminina - rosa

Catasetum hookerae - carne pobre

Catasetum macrocarpum - Baunilha

Cattleya aclandiae - pimenta do reino

Cattleya anethystoglossa - canela e noz-moscada

Cattleya bicolor - rosa e canela

Cattleya forbesi - maçã

Cattleya granulosa - baunilha

Cattleya leopoldii - chocolate e canela adocicada

Cattleya labiata - delicioso perfume típico

Cattleya loddigesii - heliotrópico e rosa

Cattleya walkeriana - canela e rosa

Coryanthes pentadactylum baunilha adocicada forte


Fonte : Revista O Mundo das Orquídeas - Ano 3 - nº 11

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...