terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

ORQUÍDEAS - ADUBAÇÃO


ORQUÍDEAS – ADUBAÇÃO
A FUNÇÃO DOS ELEMENTOS NAS PLANTAS

NITROGÊNIO (N) : responsável pelo crescimento.A deficiência produz planta raquítica e perda prematura das folhas mais velhas.O excesso produz planta grande, mas sem consistência, flácida, em detrimento da floração.

FÓSFORO (P) : facilita a floração,ajuda no sistema radicular. A deficiência pode ocasionar folhas amareladas, pardas, azuladas, poucas flores, atraso na floração. Excesso : não detectado.

POTÁSSIO (k): importante naelaboração do açúcar.Deficiência provoca flores pequenas,falta de brilho nas folhas, cor de ferrugem nas pontas e margens das folhas mais velhas.

CÁLCIO (Ca): importante no crescimento e no sistema radicular

ENXOFRE(S) : entra na composição das proteínas. A quantidade de S em todas as plantas é igual à do NPK (quantidade macro). Deficiência : a planta não cresce.

MAGNÉSIO (mg) : componente da clorofila, pectina, fitina. A deficiência provoca clorose (perda
da coloração verde). Pode dar tom avermelhado.

FERRO (FE) : Deficiência provoca clorose, as folhas ficam esbranquiçadas.

MANGANÊS (Mn): deficiência provoca clorose.

BORO (B) : Importante na fertilidade do pólen, na formação das flores. A deficiência provoca morte dos genes, rachadura do caule.

COBRE(Cu) : A deficiência pode provocar morte dos brotos.

ZINCO (Zn) : A deficiência provoca encurtamento dos internódios. A planta pode não crescer.

COBALTO (co): faz parte da vitamina B12. Favorece o crescimento das plantas.

CLORO (Cl): Vestígio de CL é encontrado nas plantas, mas sua ação é desconhecida.

SILÍCIO (Si) : Sua ação é desconhecida. Dizem que ficando na epiderme torna a planta mais resistente a praga e doenças.

IODO(I) : Dizem que ajuda no desenvolvimentoda L.lobata, que são espécies que habitam a costa litorânea e recebem brisa carregada de iodo. Quem quiser pode experimentar o iodo de potássio (KI)provavelmente encontrado em farmácias, pois é usado como remédio para gânglios. A dosagem tem que ser como a de micronutrientes, isto é, 1g de KL (colher de chá) para 10 a 50 litros de água.

Fonte: Manual de Cultivo da AOSP –
Volume 2 (excelente livro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...