quinta-feira, 17 de maio de 2012

Cattleya walkeriana “Uma espécie muito cultivada”


 
Rústica e de fácil cultivo, a Cattleya walkeriana é indicada para orquidófilos iniciantes. A facilidade de Seu cultivo e a beleza incomparável de suas flores encantam aqueles que se dedicam à família das orquidáceas. Conheça um pouco mais sobre esta espécie tão cultivada no Brasil e no mundo.
 











(1º lugar em mérito Cultural, com uma Cattleya walkeriana da cidade de Americana - Exposição Araras nos dias 11/12 e 13 de Maio de 2012)

CARACTERÍSTICAS DA PLANTA
Rizoma Forte, rastejante e de crescimento desordenado, emite raízes e possui medidas que variam entre 4 mm e 8 mm de diâmetro e 1cm a 2 cm de comprimento entre bulbos.
Planta de pequeno porte, com pseudobulbos com formato arredondados ou fusiformes, com altura variando entre 3 cm e 12 cm de altura de 1 a 3 cm de diâmetro. Possui dois internódulos: o primeiro na parte com maior diâmetro no


bulbo, geralmente pouco abaixo do meio, e o segundo pouco acima das gemas. São algumas vezes sulcados, principalmente quando mais velhos, e possuem cores que podem variar entre verde amarelada e a verde bronzeada.
Em sua maioria, possui uma folha, apresentando, em alguns casos duas folhas coriáceas que também podem ter formas arredondadas ou lanceoladas, muito rígidas, principalmente quando mais velhas. Podem variar entre 4 cm e 15 cm de comprimento e de 3 cm a 6 cm de largura, apresentando colorido que vai do 
 verde-amarelado ao verde escuro, sendo que essa variação de cor muitas vezes se dá de acordo com a quantidade de luz recebida pela planta.
 
CARACTERÍSTICA DA FLOR
Em sua maioria, são em pequenos pseudobulbos que surgem os botões com altura média de 6 cm, podendo também, em alguns casos, florescer na parte superior do pseudobulbo, ou seja, na base das folhas.
É no começo do mês de abril que estas orquídeas começam a florescer, atingindo o ápice da floração no mês de maio. A Cattleya walkeriana porta por haste geralmente duas ou três flores com mais ou menos 8 cm de diâmetro, podendo durar até 30 dias.
 
VARIAÇÕES DE COLORIDO
As flores apresentam-se de diversas formas e coloridos, abaixo as variações de colorido dentro da espécie:

ALBA - ALBESCENS – COERULEA - COERULESCENS - CONCOLOR - LILACÍNEA - LILÁS -ROSADA - RUBRA - SEMI ALBA - SUAVÍSSIMA -SUAVE - VINICOLOR








Por Helena Prates e Fernando manzan
Revista O Mundo das Oquídeas – Ano 9 – Nº 42
Fotos e Cultivo: Valmir A.Oliveira – Presidente do Círculo Americananse de Orquidofilia-utilizadas apenas para ilustração da matéria.

31 comentários:

  1. Amei a C. walkeriana como aliás amo todas elas. Decidi que começarei minha coleção com uma destas. Pois é, ainda não sou orquidófila mas tenho esperança que um dia seguirei as pisadas de meu irmão josé barbosa de Oliveira que já o é há uns trinta anos, mais ou menos. bjs. pra você Bete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente são divinas e o Valmir tem uma melhor que a outra. Con certeza vai seguir seu irmão sim, desejo-lhe felicidades como uma orquidófila.
      abraços

      Excluir
  2. Muito completa e didática a matéria, adorei Bete! Tenho fascínio por esta espécia. Muito obrigado por compartilhar! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu que agradeço pela visita.
    Obrigado Sergio
    abraços e um lindo dia

    ResponderExcluir
  4. Legal !!!
    Lindas plantas parabéns, se tiver corte me avise ( kk).
    Se tiver masi flores de walkerians poste para a apreciação.

    Abç
    Gallerani

    ResponderExcluir
  5. Obrigado
    Sim , tenho e vou postar
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Oi, parabéns pela matéria e pelas walkerianas belíssimas!
    Abç.

    Flávia

    ResponderExcluir
  7. Olá Flávia
    Obrigado pela visita
    volte sempre tá
    abraços e uma linda tarde

    ResponderExcluir
  8. Com certeza minha amiga Bete, a Walk é nossa rainha das orquideas, Maravilhosa e cheia de charme sabe nos encantar com sua beleza e perfume, parabéns pela matéria e fotos.
    Abç - Willy

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu tenho uma Cattleya walkeriana, porém não sei como fazer, acho que ela ta morrendo.
    Tirei umas fotos dela pra ver se alguém me ajuda.
    Pleassee, não quero que ela morra, Alguém pode me ajudar?
    se puder deixar o email e assim eu mando a foto.
    ou me manda um email: natalyaingrid@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nataly
      enviei meu e-mail a você, se tiver algo que eu possa ajudar.
      pode contar comigo tá.
      abraços

      Excluir
  10. linda demais é a especie que mais admiro...embora todas as outras sejam encantadoras!!!

    ResponderExcluir
  11. Obrigado Viviane
    realmente as walkerianas são demais e gosto muito do perfume delas.
    abraços

    ResponderExcluir
  12. As Walk realmente são de facil cultivo e totalmente maravilhosas pela sua beleza e cheiro.

    ResponderExcluir
  13. Bete criei um blog para poder compartilhar minhas experiências e aprender mais e mais com vocês. Se puder depois dá uma passadinha lá. AInda estou aprendendo a meche mas acho que já sou sua seguidora. Meu primeiro post é sobre vc!
    Beijos
    http://minhaslindasorquideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Já fui visitar, só não consegui seguir.
    Parabéns pela iniciativa e pelo blog.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bete coloquei novas postagens. Quando tiver um tempinho tenta de novo seguir meu blog, as vezes era erra na internet. Estou esperando ansiosa para aprender a fazer mudinhas.
      Beijao

      Excluir
    2. Já vi. Parabéns
      Ainda não conseguir seguir seu blog.
      abraços

      Excluir
  15. Bete estou muito preocupada com minhas orquideas, o fungo esta espalhando e estou com medo de colocar o veneno que comprei e matar as orquideas. Amanha nao tem escapatoria, vou ter q colocar ou então elas morrerão.
    =[

    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. May onde suas plantas ficam?
      Que horário toma sol?
      O sol é direto ou tem sombrite?
      Se não estão na chuva tem esperado secar o substrato para molhar.
      Não está deixando secar demais?

      Canela em pó é bactericida e fungicida
      Faça um chá como se fosse para você tomar(SEM AÇÚCAR) e borrifique suas plantas, pode também colocar canela em pó na palma da mão e assopre bem de leve, sobre as raizes o substrato.

      Entre no site:http://www.tudosobreorquideas.com.br/forum/
      se cadastre, vamos postar no tópico doenças e pragas e pedir mais opiniões, vou acompanhando com você.

      Como já tem as fotos corte as folhas afetadas bem abaixo da mancha, passe pomada nebacetim (para cicatrizar rápido) por cima da pomada coloque canela em pó(fungicida e bactericida)
      Estou dizendo cortar porque? se for doença não vai espalhar.

      abraços

      Excluir
    2. May é triste ver nossas lindas doentes, mas já perdi muitas micros nesta época.

      Ano passado perdi toda florada da Acianthera leptotifolia e agora fiquei feliz com a crinita que está comigo uns 2 anos, ví duas hastes e abortaram era a primeira florada e a Phoeophila os quatro botões abortaram também.
      Estamos com muita chuva.
      abraços

      Excluir
  16. ola adiquiri um planta desa so ñ sei como e onde devo plantas morro no rio grande sul e faz fri como devo cultivar ela? desde ja obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nelba
      Vou dizer como as minha estão.
      -Fixei em casca de peroba
      -Coloquei primeiro uma camada de esfagno, coloquei a planta em cima e amarrei com fio de nylon.
      Ela gosta de bastante luminosidade e por estar em madeira e secar muito rápido, deve observar para não deixar desidratar.
      Acredito que no RS vai demorar um pouco mais para secar.
      abraços
      abraços

      Excluir
  17. Muito bom saber que é de fácil cultivo; ainda não tenho nenhuma, mas qd tiver oportunidade, irei adquirir! Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Olá Bete, moro no oeste da Bahia, região com chuvas de novembro a abril e seco, zero chuvas, entre maio e setembro, depois de muitas perdas descobri plantas que florescem com abundância aqui, com um mínimo de cuidado (Lelias, cattleyas, LC, dendobrin, e algumas que não consigo identificar, presenteadas por conhecidos que me trazem de todos os lugares) ainda não me considero um orquidófilo, pois dedico bem pouco tempo às minhas queridas, dividindo com trabalho de 7 à 20:30, sobrando só o domingo para minha esposa, Pingo e para as plantinhas (ver Doce Café, Luis eduardo Magalhães, Bahia) no Face. Reportagem linda, acredito que tenho dois vasos com Valkerianas, lindas fotos e seu blog de muito bom gosto. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena não vou poder ver seu Café, não tenho face. As plantas que florirem sem identificação, estou a disposição para tentar ajudar a identificar, deixo aqui meu e-mail beteorquidea@hotmail.com.
      Se precisar e é claro se eu puder te ajudar.
      abraços e obrigada pela visita.

      Excluir
  19. Olá Bete, boa noite!
    Tenho uma orquídea aqui em casa e tenho quase certeza que ela seja uma Cattleya Walkeriana, você pode por favor confirmar pra mim se ela é mesmo uma Walkeriana? Eu ficaria muito feliz. Se puder deixar seu email pra mim enviar as fotos dela pra você olhar, meu email: andrezanajila@gmail.com Muito Obrigada!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...