segunda-feira, 23 de julho de 2012

Isabelia pulchella

Isabelia pulchella do blogdabeteorquideas
Isabelia é um género botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae). Foi proposto pelo Botânico João Barbosa Rodrigues em Genera et Species Orchidearum Novarum 1: 75, em 1877, quando descreveu a Isabelia virginalis, sua espécie tipo. São pequenas plantas epífitas originárias do sudeste e sul brasileiros, de porte e com hábitos parecidos aos de Sophronitis e Constantia.
O nome deste gênero é uma homenagem à princesa Isabel, regente do Império do Brasil

Como cada uma das três espécies constituía um gênero a parte, todas possuem suas particularidades, no entanto todas apresentam pseudobulbos monofoliados com folhas lineares, inflorescência solitária ou pauciflora, de flores com papo ovariano externamente visível, formado pelo pé da coluna ligado à base do labelo.
O gênero anteriormente conhecido como Neolauchea, do qual a única representante hoje é chamada Isabelia pulchella, tem rizoma alongado e pseudobulbos monofoliados, muito espaçados, com uma só folha muito longa e estreita, muito acanoada, que à primeira vista parece ser semiterete.

O gênero anteriormente conhecido como Sophronitella, do qual a única representante hoje é chamada Isabelia violacea, é mais robusto que as outras espécies, com rizoma mais curto, pseudobulbos muito mais robustos, com uma folha coriácea, quase plana alongada. Esta espécie é a única apresenta mais de uma flor por inflorescência, até três.
O gênero anteriormente conhecido como Isabelia, do qual a única representante era a Isabelia virginalis, apresenta com rizoma curto e rasteiro com pseudobulbos de folhas aciculares baínhas, guarnecidos por baínhas formadas por uma trama de fibras frouxamente entrelaçadas como se estivessem embrulhados em um tecido de juta.

Existe um híbrido natural de Isabelia pulchella com Isabelia violacea, que antes da alteração de gêneros era conhecido como Isanitella x pabstii e com a unificação passou a se chamar Isabelia x pabstii.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fotos e Cultivo : Elisabete Delfini


7 comentários:

  1. Obrigado Angela
    eAbraços e um lindo dia

    ResponderExcluir
  2. Olá Bete como vc cultiva o sua?tenho uma que nunca foi para frente...gostaria muito de ter sucesso em seu cultivo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas a minhas está em um pedaço de palito de xaxim, com sombrite 50%.
      a minha também demorou Lucas.
      abraços

      Excluir
    2. Muito Obrigado...bom então terei mais paciência com ela né?...acho que estou pressionando ela demais kkk...obrigado pelas dicas..a minha está naqueles meio vazinhos e com sfagno ela veio com 2 folhas e um brotinho, o broto morreu e uma folha velha tb..mas ela brotou...esse broto ja está grandinho..está bem enraizada, mas seu crescimento é bem lento...vamos esperar!
      Abraços!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...