domingo, 20 de janeiro de 2013

Stelis argentata - variedade 2 - Flor com 0,6 mm

Curiosidade: O nome refere-se à aparência da planta, que significa uma espécie de visgo, em grego. Conhecida como erva de passarinho
Stelis argentata - variedade 2  do blogdabeteorquideas






STELLIS

Cassificação : epífita

Floração : em geral as espécies da Stellis florescem em meados da primavera e do verão.

Flor(duração): em torno de 15 dias, com tamanhos inferiores a 1 cm.

Espécies : é u,m gênero com mais de 500 espécies.

A espécie mais desejada : Stellis peliochyla, pelo exotismo de suas flores diminutas.

Origem : América Central e Sul.

Regas: deve ser abundante durante todo o período de crescimento, mas sempre sem exageros, deixando secar ligeiramente o substrato entre as regas. No inverno deve ser molhada com menos regularidade.

Cultura: difícil cultura, deve-se utilizar vasos plásticos. Necessitam ainda, de boa umidade, porém não toleram unidade excessiva nas raízes, que podem apodrecer. Precisam também de sombra e boa ventilação para se desenvolverem.

Adubação: quando fixada em árvore, a planta não recebe nenhum nutriente, devendo ser adubada com maior freqüência nos dias quentes (duas a três vezes ao dia).

Curiosidade: O nome refere-se à aparência da planta, que significa uma espécie de visgo, em grego. Conhecida como erva de passarinho as Stellis são muito semelhantes a pleurothallis, espécie também conhecida como micro orquídeas.

 

Por Vanessa Moura

Pesquisa : José Antônio Endsfeldz

Revista O Mundo das Orquídeas – Ano 11 – Nº 58

Foto: Elisabete Delfini

6 comentários:

  1. Nossa, que perfeita que ela é, parece q foi desenhada e pintada à mão! Suas hastes são simplesmente lindas! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Aqui estou eu para te perturbar mais uma vez, fiz uma nova publicação, o fungo continua espalhando, preciso de toda ajuda possível!
    Beijão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. May vou visitar seu blog e ver a publicação.Tenta colocar o produto que comprou. Ou melhor, conhece algum orquidófilo que poderia levar a planta para que ele desse uma olhadinha, pessoalmente é diferente. Algo está acontecendo.
      abraços

      Excluir
    2. Coloquei o produto hoje e resolvi fazer alguns testes com elas, se não tiver jeito de salvar todas pelo menos vou aprender com elas.
      Apliquei o produto em todas, desde a raíz até as flores, com exceção da cattleya q foi a única q nao foi afetada, nela apliquei apenas nas folhas como prevenção.
      Nas Phaleanopsis eu além de borrifar o fungicida, uma eu cortei as folhas afetadas, deixando com apenas 2 ou 3 folhas bem pequenas =[, na outra q estava menos afetada eu borrifei e ainda passei pomada baycutem por cima da mancha, é uma pomada fungicida e bactericida, apliquei sem perfurar a folha.
      As denphal estavam pouco atingidas, não vi necessidade de cortar as folhas, além do fungicida coloquei a pomada nas poucas manchas, agora com pequenas perfurações q fiz para q a pomada penetrasse.
      A Oncidium como eu ja havia cortado todas as partes afetadas apenas aplique o fungicida, da raíz até as flores, e a Cattleya apenas nas folhas.
      Vamos ver no q vai dar isso aí, espero q dê certo!
      Beijos e mais uma vez obrigada por tudo!
      AH! Não conheço nenhum orquidófilo, estou sozinha nesse mundo rs, por isso q sempre recorro à vc!
      Beijão!!!

      Excluir
    3. May você pode replantar, já passou os produtos não é bom ficar com substrato velho o fungo pode ficar ali ou estar ali
      me perdoa não ter me lembrado deste detalhe que também é importante, tirar tudo, lavar bem as raízes novas,retirar as velha. veja este vídeo:Passo a Passo no replante de uma orquídea.
      http://www.youtube.com/watch?v=m0O8e-x2rWQ

      abraços

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...