quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Bifrenaria aureofulva

Ex Stenocoryne secunda. Espécie epífita que vegeta sempre em galho de árvore na vertical, em locais sombrios da Serra do Mar.
Flor de 2,5 cm - Rio Grande do Sul a Bahia e Minas Gerais - Brasil
Bifrenaria aureofulva  do blogdabeteorquideas







Bifrenaria aureo-fulva
Ex Stenocoryne secunda

Espécie epífita que vegeta sempre em galho de árvore na vertical, em locais sombrios da Serra do Mar. Planta com pseudobulbos curtos, facelados e enrugados, com 3 cm de altura e uma só folha, no ápice de 10 cm de comprimento, larga e lanceolada, com superfície sulcada e áspera. Escapos florais de 20 cm de comprimento portando de 3 a 5 flores. Flor de 2 cm de diâmetro, com todos os seus segmentos de cor alaranjada. Floresce na primavera.
Revista O Mundo das Orquídeas – Ano 3 – Nº 12
Foto e cultivo : Elisabete Delfini

8 comentários:

  1. Muito bonita e pouco vulgar para este género. Parabéns pelo cultivo.

    ResponderExcluir
  2. Que linda, Bete! Eu sou apaixonado por esta pequena, infelizmente, jurei que não compraria mais orquídeas de folhas finas. Elas sofrem muito com a falta de umidade daqui. Parabéns pelo cultivo e pela floração espetacular.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sergio, esta é a única das bifrenarias que tive que floresce comigo, as vezes ela solta uma haste atrás da outra.
      abraços

      Excluir
  3. Linda demais Bete. É uma dos gêneros os quais penam na minha região; ficam suspensas num (meu) orquidário imaginário! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei de saber que tem um orquidário imaginário, vou formar um também.
      abraços

      Excluir
  4. É... fazemos o que dá; o que não dá fica neste mundo das imaginações! E nos supre, às vezes! Abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...