quinta-feira, 30 de maio de 2013

Physosiphon deregularis

Esta é a primeira pequena que não consegui registrar as flores, vi a haste, mas no dia que peguei para fotografar já estava com as
cápsulas.

Pleurothallis deregularis, Stelis deregularis, Physosiphon spiralis, microorquidea

 O nome vem do grego physosiphon, cujo significado é tubo em formato de bexiga, uma referência ao tubo formado pelas sépalas de suas flores.

Suas espécies ocorrem desde o México até o Peru e Equador.

A principal característica que distingue este gênero de Pleurothallis ou Stelis está nas sépalas de suas flores, concrescidas até a metade de seu comprimento, formando um largo tubo, de modo que as flores se assemelham às Masdevallia da subsecção Tubulosae.
As vegetação das plantas parece-se com a de Stelis. A inflorescência é alongada, racemosa, multiflora, com flores que se abrem simultâneamente.

Origem : Wikipédia, a enciclopédia livre

4 comentários:

  1. Eita Bete, que danada apressada, hein! Nome totalmente novo pra mim; lê-se "Fizozifon" (é isso?)?
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre falo para um Orquidófilo amigo"Eu escrevo e você pronuncia".
      apressadinha mesmo.
      abraços

      Excluir
  2. Oi Bete! Tem algumas orquideas q se auto polinizam tão rápido q nem dá tempo de ver e as vezes nem abrem. Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que foi o que aconteceu com está?
      Estou achando...
      abraços

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...