sexta-feira, 5 de julho de 2013

Um causo de arrepiar


Um Causo de Arrepiar

Em meio à orquídea, um visitante de dar medo.

Por Márcio de Araujo Infante

Revista O Mundo das Orquídeas - ano 4 - nº 19

No mês de julho de 2000, eu, Agnaldo Torquato o fotografo Ronaldo Gregário e o pescador "Preto" fomos para o Rio Paraná em uma pescaria acima da Usina hidrelétrica de Porto Primavera,  onde vimos uma crueldade na natureza. O represamento de água da Usina Hidrelétrica havia inundado a mata ciliar do Estado do Mato Grosso do Sul e milhares de árvores, coqueiros e palmeiras estavam embaixo d'água, ficando somente suas copas fora dela.
Ao chegarmos pero das árvores, percebemos que elas estavam repletas de orquídeas, dentre elas touceiras de Catasetum, Schompurgkia, Pleurothallis, Epidendrum. Eu e o Torquato somos orquidófilos e, assim que vimos isso, pedimos para o "Preto" chegar mais próximo a touceira de Schompurgkia.
A surpresa foi de arrepiar : uma cobra sucuri enorme estava no meio da touceira de Schompurgkia!
Ronaldo pegou a câmera fotográfica e, de imediato, fotografou a imagem curiosa e perigosa, E aí vai um alerta aso caçadores de orquídeas : os perigos da natureza estão por toda parte, sem que possamos prevê-los.
Sabíamos que não poderíamos coletar aquelas orquídeas e que uma autorização do Ibama demoraria muito e, mesmo se conseguíssemos, as plantas estavam todas debaixo da água. Aí vem a pergunta : vale mais as orquídeas debaixo d'água ou nas mãos de orquidófilos e orquidólogos?


 

6 comentários:

  1. Com certeza nossas mão valem mais.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só de pensar em cobra, jamais entraria em uma mata.
      abraços

      Excluir
  2. Muito interessante esta história! Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Coincidência !!!, a minha Schomburgkia crispa foi coletada exatamente na mesma situação, não por mim, por um pescador aqui da minha cidade que foi ao Mato Grosso, se ele não tive-se coletado estaria viva hoje ?, acredito que não.

    abç,
    Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu Fernando.
      Nada mais teria dela, bem eu ficaria sem a planta mas não chegaria a menos de 10 metros de uma cobra, acho que morro antes dela atacar.
      abraços

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...