sábado, 20 de julho de 2013

Uma plebéia de "Sangue Nobre"

Entre todas as espécie, a Cattleya gutata foi considerada muitos anos como a prima pobre.
A existência de poucas variedades é o principal motivo de desinteresse por esta espécie, seguida pela escassez de publicações relacionadas a ela.

Característica, habitat e cultivo

Cattleya guttata Lindley é uma planta de grande porte, com pseudobulbos eretos, cilíndricos, de espessura mediana a grossa, podendo chegar facilmente a mais de um metro, encimados por duas ou três folhas oblongas e grossas.

Geralmente apresenta flores com pétalas e sépalas verde-amarelo salpicadas de púrpura - escuro, labelo trilobado com lóbulos laterais extremamente esbranquiçados e lóbulo central de cor púrpura.

O diâmetro pode variar de 6 a 8 cm, e sua inflorescência pode atingir mais de vinte flores. No mês de março, encontra-se o auge de sua floração que pode se estender até o mês de abril.

Ocorre em árvores, pedras ou na areia(restinga), nas regiões costeiras do RJ, ES e BA, tendo sua maior densidade populacional no Estado do Espírito Santo.

Seu cultivo é relativamente fácil, podendo ser plantada em vasos de barro ou cachepôs de madeira, sempre bem drenados. Como substrato podem ser usados a casca de peroba. vellozia ou fibra de xaxim. Esta planta gosta de luz e deve permanecer num ambiente com unidade alta e clima quente.

Variedades

As variedades apresentam-se como uma diferenciação da cor em função do tipo ou padrão, e também em relação ao colorido ou nuances, desenhos ou falta deles. Uma das causas de encontrarmos pouco trabalhos publicados sobre a Cattleya guttata é a dificuldade de agrupá-las em variedades, segundo sua coloração, como acontece por exemplo com a Cattleya warneri.

Dentre as poucas variedades conhecidas, podemos destacar a alba, a albenscens, a coerulea e as lisa. Entre os principais cultivadores, destacam-se:

Cattleya guttata "Morosini"
Cattleya guttata "Magnifica"
Cattleya guttata albenscens "FT.Esmeralda"
Cattleya guttata albenscens "do espinho"
Cattleya guttata lisa "da Victor"
Cattleya guttata lisa avermelhada"Johnnes Lemke"
Cattleya guttata lisa-alaranjada "Fabiano Traspaldini"
Cattçeya guttata lisa "da Graça"

Podemos destacar entre estes cultivadores a Cattleya guttata "Morosini", pela sua forma e coloração.

Revista o Mundo das Orquídeas - Ano 4 - nº 18
Por Fabiano Traspaldini, Johnnes N.Lemke e Victor C.Boninsenha

 
"O Perfume das Orquídeas"
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...