quinta-feira, 5 de setembro de 2013

LC Blazing Treat

Laeliocattleya Blazing Treat

Laeliocattleya Blazing Treat





Há muitas razões evocadas por orquidofilos, pesquisadores, comerciantes e curiosos, desde o entusiasmo de um iniciante e o sonho de alcançar a fana por criar um híbrido sensacional, passando por pesquisadores conscientes e chegando à maior parcela dos atuais são da flor, na adaptação a outras temperaturas, à frequência e data de floração, etc. dos atuais hibridadores que são alguns comerciantes, sempre necessitando de novidades ara atender à crescente demanda do consumo.
Mas o que é a planta ? Basicamente é o cruzamento de suas espécie diferentes. Mas ao contrário do que se poderia imaginar, as flores híbridas, mesmo as mais belas não têm o mesmo valor das espécie. Por que?
Porque, em geral as espécie já estão quase todas registradas pelos orquidofilos, pesquisadores ou não. É obra da natureza e não pode ser criada pelos homens. Isto significa que terá sempre o seu valor, mesmo que não seja tão bela.
Já o mesmo não ocorre com os híbridos, pois a ânsia de perfeição leva os homens a fazerem cruzamentos cada vez mais apurados em busca da melhor planta, seja na resistência às pragas, na duração e dimensão da flor, na adaptação a outras temperaturas, à frequência e data de floração, etc.
As possibilidades de cruzamento são tantas que a cada ano surgem novas flores supervalorizadas em detrimento das dos anos anteriores que deixaram de ser novidades. Claro que só são divulgados e multiplicados os cruzamentos que dão certo, ou seja, que atingem o objetivo. Mas atrás deles há inúmeros fracassos. Tentativas que "criam" flores apagadas, cheias de problemas e que não recompensam em nada o trabalho que se teve com seu cultivo até a floração.
Este é o perigo dos cruzamentos feitos a esmo sem a devida pesquisa e seleção das plantas que serão usadas como matrizes.

Manual de Cultivo de Orquídeas - Volume 2º da AOSP

6 comentários:

  1. BOM DIA!
    BETE, VC TEM ESSA ORQUIDEA OLHA AÍ.
    http://casademariamaria.blogspot.com.br/
    BJS

    ResponderExcluir
  2. Divinamente linda esta sua LC. Bete...parabéns pelo cultivo rico e diversificado! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A muda que coloquei no meu trabalho veio 4 hastes com muitas flores.
      abraços

      Excluir
  3. Can see the influence of C. aurantiaca in that hybrid, but in my opinion it is nicer than that species. Lovely, beautifully grown and flowered and congratulations to the grower!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim uma porcentagem grandinha da Cattleya aurantiaca.
      Obrigada Ron
      abraços

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...