domingo, 15 de dezembro de 2013

Notylia barkeri

Notylia albida ; Notylia bernoullii; Notylia bipartita; Notylia brenesii; Notylia guatemalensis; Notylia multiflora; Notylia tamaulipensis;

Notylia albida ; Notylia bernoullii; Notylia bipartita; Notylia brenesii; Notylia guatemalensis; Notylia multiflora; Notylia tamaulipensis;



Sinônimos: Notylia albida ; Notylia bernoullii; Notylia bipartita; Notylia brenesii; Notylia guatemalensis; Notylia multiflora; Notylia tamaulipensis;
Origem: Desde o México até o Sul do Brasil
Dimensão da Flor: 0,8 mm
Época da Floração: Verão
Foto e cultivo:  Elisabete Delfini
Descrição: Notylia é um género botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae). Foi proposto por John Lindley em Botanical Register. 11: sub t. 930, em 1825, ao descrever duas espécies. Sua espécie tipo é a Notylia punctata (Ker Gawl.) Lindley, anteriormente descrita como Pleurothallis punctata Ker Gawl.. O nome é uma referência ao calo que existe no estigma de suas flores. São plantas de tamanho pequeno ou médio, a grande maioria sem valor ornamental, entretanto há algumas muito vistosas que se destacam.
Distribuição
Notylia agrupa quase cinqüenta espécies epífitas, de crescimento cespitoso, cerca de metade no Brasil. Ocorrem desde o México até o sul de Brasil , preferindo áreas menos úmidas de altitude inferior a oitocentos metros.
Descrição
Seus pseudobulbos são rudimentares, parcialmente recobertos por baínhas foliares imbricantes, apresentam-se agrupados e possuem apenas uma comparativamente muito grande folha plana oblonga ou ligulada. Da axila das baínhas nasce a inflorescência, pendente, racemosa, longa ou muito longa, com muitas flores dispostas em espiral, extremamente delicadas ou mais robustas, de aparência cerosa.
As flores geralmente de esverdeado pálido, raramente com esparsas pintas ou pontinhos roxos, alaranjados ou pardos, podem ter sépalas laterais unidas ou livres. As pétalas são sempre são livres e costumam arquear-se de modo a quase se tocarem na extremidade. O labelo possui uma garra perto da base, longo unguiculo e lâmina triangular. Ocasionalmente possui uma lamela central a partir da garra até a extremidade. A coluna apresenta antera dorsal com duas polínias.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Pesquisa : Revista O Mundo das Orquideas – Wikipédia; a enciclopédia livre - Orchidstudium

4 comentários:

  1. É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever é um blog simpático e aqui aprendemos, feito com carinhos e muito interesse em divulgar as suas ideias, é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
    Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Aproveito para lhe desejar um feliz Natal e um Ano-Novo cheio de felicidades.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu blog é muito bom, já estou seguindo.
      Obrigada Antonio.
      abraços

      Excluir
  2. Muito bom. Eu amo o Encyclias. Parabéns a colheita. Abraços

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...