sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Grandiphylum pulvinatum

Oncidium pulvinatum,Oncidium sciurus Scheidw., Oncidium pulvinatum var. grandiflorum Regel, Oncidium pulvinatum var. majus Williams, Oncidium pulvinatum var. cupreum Stein, Oncidium pulvinatum var. minarum Hoehne & Schltr,Aurinocidium pulvinatum (Lindl.) Romowicz & Szlach.,.

Oncidium pulvinatum,Oncidium sciurus Scheidw., Oncidium pulvinatum var. grandiflorum Regel, Oncidium pulvinatum var. majus Williams, Oncidium pulvinatum var. cupreum Stein, Oncidium pulvinatum var. minarum Hoehne & Schltr,Aurinocidium pulvinatum (Lindl.) Romowicz & Szlach.,.





Sinônimos: Oncidium pulvinatum,Oncidium sciurus Scheidw., Oncidium pulvinatum var. grandiflorum Regel, Oncidium pulvinatum var. majus Williams, Oncidium pulvinatum var. cupreum Stein, Oncidium pulvinatum var. minarum Hoehne & Schltr,Aurinocidium pulvinatum (Lindl.) Romowicz & Szlach.,.

Origem: Esta espécie é oriunda do Sul do Brasil, de Santa Catarina e Rio Grande do Sul até o Noroeste da Argentina e Paraguai. Esta Orquídea cresce em árvores. Região de clima quente e úmido de planície.

Dimensão da Flor: 2.5 cm

Época da Floração: Floresce em Janeiro e Fevereiro em seu habitat.

Foto e cultivo:  Elisabete Delfini

Descrição: Estas orquídeas crescem em touceiras.O nome científico "pulvinatum" é devido ao formato de suas flores, que são redondas.
O Oncidium pulvinatum é uma orquídea epífita com pseudobulbos cilíndricos achatados lateralmente de que saem apicalmente duas folhas coriáceas estreitas oblongo linguladas, em seu centro nascem duas hastes florais de pequenas e numerosas flores.Possui uma ramificação floral paniculada.
Flores com pétalas e sépalas de uma ligeira cor amarelo-esverdeado com manchas de color marrom-alaranjado e labelo amarelo pálido com pintinhas vermelhas.


Cultivo:Tem preferência por alta luminosidade ou com sombra moderada. Para cultivar, deve-se plantar em um tronco com a base reta não muito larga, para que se possa manter em pé e coloca-se a orquídea amarrada a um tutor virado para o leste.
Pode-se plantar no exterior como os Cymbidiums para estimular a floração. No inverno, manter o substrato seco com poucas regas.

Pesquisa : Revista O Mundo das Orquideas – Wikipédia; a enciclopédia livre - Orchidstudium

8 comentários:

  1. That is spectacular, Elisabete. What fabulous color and detail! Great photography and superb growing.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Fala sério... está linda né.
      As outras vão aindo bem, só perdi uma.
      abraços

      Excluir
    2. Linda !!!, qual se foi ?, vamos acertando no futuro a gente faz um "bem bolado".
      Abç

      Excluir
    3. Sphonitela violacea.
      Veja qual mais tem, vamos sim.
      abraços

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...